Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Como usar o poder da sua mente para dominar suas emoções

July 26, 2018

 

 

 

Você que quer aprender formas de aliviar o sofrimento e começar a utilizar o poder da sua mente e suas emoções de forma produtiva, leia esse texto.

Hoje vou compartilhar uma história de uma paciente antiga (sem preservar sua identidade, e com seu consentimento) que eu tenho certeza que é o caso de muitas pessoas e  servirá de muito valor. Ler esse texto e aplicar as técnicas que eu vou ensinar trará resultados imediatos para a sua vida.

 

Vamos chama-la de Luna.

Luna chega em meu consultório numa sexta de manhã. No sofá, jogada reclamando que não consegue parar de comer chocolate. Que já tentou de todas as formas se controlar mas não foi possível. Na semana passada, teve uma série de eventos, muitos aniversários, estava muito estressada no trabalho e simplesmente não conseguiu se conter. Chutou o balde mesmo e estava extremamente culpada e se sentindo frustrada, inchada e deprimida.

 Perguntei a ela como estava seu foco nessa semana, o que estava ocupando a cabeça dela.

Ela só me respondeu que estava muito estressada no trabalho, sem tempo de descansar, se divertir ou ir a academia.

 

A fuga do doce, acontece porque é uma forma fácil e rápida de o corpo dela gerar um prazer e um escape instantaneamente. Definitivamente Luna estava sem perspectiva, estressada e sua energia totalmente sem direcionamento. Sua mente, que é treinada para evitar o processo de dor e ir em busca de prazer, se programa automaticamente para um lugar que é fonte certa: doces e chocolates.

 

 

O que Luna precisava fazer é promover uma mudança de foco. Se ela não se condicionar a muda-lo de direção e construir uma ideia que seja mais relevante que o chocolate pra ela naquele momento, ela não irá conseguir segurar a tentação. E voltará a fazer parte looping da compensação. (Deixa-recompensa-automatismo).

 

Aqui, segue 3 dos passos que utilizei com ela pra começar a promover mudanças de domínio da mente e das emoções.

 

1- Primeiro passo:

Decidir o que você realmente quer pra você.  E o que está te impedindo de alcançar.  A maioria das pessoas não sabe responder a essa pergunta quando são questionadas.

O que você realmente quer na sua vida?

Isso não entra “quero perder 10 quilos em 2 meses”. Quando pergunto isso quero saber o que REALMENTE VOCE QUER PRA SUA VIDA. Perder 10 quilos é mera consequência do seu objetivo maior. A pergunta engloba questões mais profundas que isso. O que você quer pra alcançar, realizar,  te inspirar em sua vida, pra te dar sentido e realização.

 

2- Silenciar as vozes sabotadoras e criar novas vozes de poder:

 

Quantas vezes você já escutou:

Ah, esquece. Não vai funcionar.

Quantas vezes essa mesma voz te fez desistir de algo que você tanto queria?

 

O que você tem que fazer é treinar uma nova voz que seja mais forte do que aquela que te puxa pra trás.

Quantas vezes você escutou uma música uma única vez, e manteve ela repetidamente em sua cabeça durante horas, dias? Você não se esforçou pra gravar a melodia ou a letra daquela música. Mas você a tem claramente em sua memória.

Se você se condicionar a criar e se esforçar para ancorar essa voz, ela fará parte do seu ciclo de automatismo.

Qual voz você precisa criar para você agora?

 

3- Preencha a sua mente!

 Para ter controle da sua mente, do seu foco, você precisa preencher a sua mente. Alimentá-la com aquilo que irá fortalecer seus objetivos. Se você não se esforçar para criar metas e direcionar a sua energia, ela vai pra onde ela já conhece o caminho: a comida! “Todo dia você terá que manter a guarda da porta da sua mente”. Pensamentos destrutivos se alimentam de medo e o medo é construído e alimentado por pensamentos destrutivos. Essas são algumas das inúmeras técnicas que utilizo pra ajudar pessoas a encontrarem seu equilíbrio emocional. Se você sente que quer ir além e conhecer mais dessas ferramentas para progredir em seu caminho, entre em contato com nossa equipe que temos muitas informações e materiais para compartilhar. Envie seu email para assessoria@xandafogaca.com Namasté, Xanda.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload